O Todesca está na janela apreciando a paisagem...

O Todesca está na janela apreciando a paisagem...

Expresso do Oriente

Expresso do Oriente

Todos a bordo

Todos a bordo

Restauração e colorização de fotografias.

Restauração e colorização de fotografias.
Caros amigos sem véus e com véus. Com muito gozo divulgo os valiosos préstimos profissionais do meu estimado amigo Reinaldo Elias, que tornou-se um tarimbado especialista em restauração e colorização de fotografias. Pelo criterioso trabalho, que envolve pesquisa e arte os preços cobrados pela restauração e colorização são módicos. Para solicitarem os valiosos préstimos profissionais entrem em contato com o meu querido amigo através do endereço eletrônico: rjelias200@yahoo.com.br Meus outonais olhos estão em água ao lembrar do já distante ano de 1962, quando minha amada e saudosa mãe me levou a uma filial das Casas Pirani, que ficava na Avenida Celso Garcia, para que seu bebezinho nº 6 fosse eternizado nesta fotografia. Embarcamos num trem de subúrbio, um reluzente trem prateado, na Estação de Santo André e desembarcamos na Estação paulistana do Brás. Lembro como se fosse hoje que levei um beliscão da minha genitora, porque eu queria a todo custo embarcar num bonde para chegar as Casas Pirani. Como eram poucas quadras de distância fomos caminhando até o paraíso do consumo. Saudades das Casas Pirani... Ontem, contei ao meu dileto amigo Gilberto Calixto Rios da minha frustração de nunca ter embarcado num bonde paulistano, que para o meu profundo desencanto teve a última linha desativada no ano de 1968, quando estávamos no auge dos nefastos e malditos anos de chumbo. No ano que fui eternizado nesta fotografia fazia sucesso estrondoso na fascinante Arte das Imagens em Movimento a película "Rome Adventure", aqui intitulada "Candelabro Italiano": https://www.youtube.com/watch?v=yLqfxLPga2E que assisti no extinto Cine Carlos Gomes, na condição de vela zeloso das minhas amadas irmãs mais velhas, a Dirce Zaqueu, Jô Oliveira e Maria Inês. Também no ano de 1962 minha diletíssima e saudosa cantora Maysa (1936-1977) deixava sua legião de fãs enternecida com a canção: https://www.youtube.com/watch?v=BeJHOAbkJcg Mãe, sempre te amei, amo e amarei. Saudades... Saudades... Saudades... Caloroso abraço. Saudações emocionadas. Até breve... João Paulo de Oliveira Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver sem véus, sem ranços, com muita imaginação e com muito gozo. PS - Apesar dos pesares acho que continuo um petiz sonhador e esperançoso de um novo dia aos moldes da inesquecível personagem Scarlett O' Hara... Max, traga meus sais centuplicado.

Miniconto

Miniconto
Depois que minha neta me eternizou nesta fotografia o telefone tocou. Ao atender a ligação fiquei aterrorizado ao reconhecer a voz de Hades...

Mimo da Monika

Mimo da Monika
O que nos espera na próxima estação?

A viagem continua

A viagem continua
O quie nos espera na próxima estação?

Lambisgoia da Agrado

Lambisgoia da Agrado
Caros confrades/passageiros sem véus e com véus. A lambisgoia da Agrado, aquela mexeriqueira mor que tudo sabe e tudo vê, me surpreendeu porque não a vi trepar (nem preciso dizer que ela adora o outro significado deste verbo principalmente no presente do indicativo) no topo da locomotiva para se exibir e me ofuscar. Caloroso abraço. Saudações exibidas. Até breve... João Paulo de Oliveira Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver sem véus, sem ranços e com muita imaginação.

Fonte: arqtodesca.blogspot.com.br

Fonte: arqtodesca.blogspot.com.br
Caros confrades passageiros. O pertinaz duende Himineu, que trabalha - com muito afinco para o Todesca - captou e eternizou o momento que a lambisgoia da Agrado, aquela mexeriqueira mor que tudo sabe e tudo vê, estava reflexiva a apreciar a paisagem no vagão restaurante do Expresso do Oriente sob meu comando. Caloroso braço. Saudações reflexivas. Até breve... João Paulo de Oliveira Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver, sem véus, sem ranços, com muita imaginação, autenticidade e gozo.

Fonte: arqtodesca.blogspot.com.r

Fonte: arqtodesca.blogspot.com.r
Todos a bordo... A viagem continua...

Blogs todeschinianos

Blogs todeschinianos
Fonte: arqtodescadois.blogspot.com.br "Sonhei que o vagão joaopauloinquiridor.blogspot.com havia caído de uma ponte que ruíra... Mas, foi só um pesadelo..." Caros confrades/passageiros! Não me canso de divulgar os imperdíveis blogs do Todesca: arqtodesca.blogspot.com.br arqtodescadois.blogspot.com.br que são Oásis num deserto de alienação cibernética. É louvável a pertinácia deste notável, tarimbado e erudito ser vivente, que brinda seus felizardos leitores com ecléticas publicações que deixam patente sua vasta erudição e bem viver. Caloroso abraço. Saudações todeschinianas. Até breve... João Paulo de Oliveira Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver, sem véus, sem ranços, com muita imaginação, autenticidade e gozo.

Continuo a espera de Godot...

Continuo a espera de Godot...
Saudações dionísicas.

Saudações leitoras.

Saudações leitoras.

Seguidores

sábado, 31 de julho de 2010

Falecimento do notável professor e cenógrafo Cyro del Nero.





Caros(as) confrades!
Fiquei triste, porque faleceu o professor e cenógrafo Cyro del Nero. Nunca, jamais, em tempo algum, ouvirei sua voz inconfundível na Rádio Cultura FM, no imperdível programa "A celebração do dia", onde com sua notável erudição nos brindava com um breve biografia de um ser vivente, que deixou marcas indeléveis neste maltratado e fascinante mundo que habitamos ou então um fato histórico memorável.
A seguir aponto o que encontrei no endereço eletrônico que ao final coloco como fonte:
"O cenógrafo brasileiro Cyro Del Nero morreu vítima de insuficiência coronariana às 2h15 deste sábado (31), no Instituto do Coração (InCor), em São Paulo, aos 78 anos. Ele deixa mulher e sete filhos.
O corpo do cenógrafo será cremado neste sábado no Crematório Primaveras, em Guarulhos, às 17h. A sala de cremação foi projetada por ele em 2004 com jardins de inverno para criar um espaço que Cyro considerava atemporal. O velório acontece na capela do Cemitério Primaveras.
Cyro Del Nero passou pela TV Record e TV Excelsior, e criou as grades de programação, as vinhetas, os intervalos desenhados e até clipes. Também foi Diretor de Arte da Globo, onde fez, entre outras coisas, a abertura do Fantástico, e de novelas da emissora.
Trabalhou também na TV Tupi do Rio e ganhou prêmios, entre eles, o de Melhor cenógrafo nacional, na IV Bienal de Artes Plásticas de São Paulo. Também foi professor da Universidade de São Paulo, ministrou palestras e fez cenários memoráveis no Brasil e no exterior".
Fonte: www.terra.com.br/gente/notícia

Para atenuar a perda irreparável, é melhor fazer como a personagem Emília, tomar o pó de pirlimpimpim (que o Max chama de sais e eu os peço centuplicado!!!) e entrar no mundo do faz de conta, imaginando que Dionísio veio buscá-lo, para levá-lo ao Olimpo, porque a grandiosa atriz Cacilda Becker não via a hora de tê-lo como seu cenógrafo dileto para deixar mais palpitante ainda as peças, que ficarão em cartaz por toda eternidade nos palcos olimpianos: "A Visita da Velha Senhora", "Pega-fogo", "O anjo de pedra", "Entre Quatro Paredes", Nick Bar, Álcool, Brinquedos e Diversões", "Vestido de Noiva", "Seis Personagens a Procura de Um Autor", "Maria Stuart", "Longa Jornada Noite Adentro", Quem tem medo de Vírgínia Wolf, "Esperando Godot"... e tantas outras...
Compungidamente...
João Paulo de Oliveira
Diadema-SP

Película: "Cría Cuervos"!!!!!!!...







Caros(as) confrades!
Esta inquietante película, que o cineasta Carlos Saura nos brindou nos idos anos de 1976, nos desvela seu viés sobre as relações familiares durante o franquismo através das histórias de Ana e suas tristes lembranças de vinte anos atrás, quando aos nove anos, ela vê seus pais morrerem em um pequeno espaço de tempo. Na época, sozinha, Ana pensava ter um estranho poder sobre a vida e a morte de seus familiares. Remorso que carregou para a fase adulta, junto com o sentimento de culpa, por achar-se responsável pela repentina morte dos pais.
Fonte: Livraria Cultura.

sexta-feira, 30 de julho de 2010

Visita ao Sepulcrário da Consolação!













Caros(as) confrades!
Ontem tive a grata satisfação de visitar o Sepulcrário da Consolação, que é um verdadeiro museu a céu aberto!!!!... Ali jazem os despojos mortais de ilustres patrícios, que deixaram marcas indeléveis na história do nosso amado Reino digo República!!!!...Sempre que o visito, o primeiro jazigo que faço uma parada obirgatória é o da distinta senhora paulistana, Domitília de Castro Canto e Melo mais conhecida como Marquesa dos Santos!!!!... O Sepulcrário foi inaugurado em 1858!!!...
Abaixo coloquei um documentário produzido pelo cineasta Jefferson Cardoso, que faz um relato cricunstanciado deste importantíssimo Sepulcrário, onde existem obras de artes belíssimas de autoria de renomados artistas!!!!... Enfim um espaço, que também tornou-se cultural, que nos possibilita outros viéses sobre nossa finitude, bem como nosso desejo intenso de sermos lembrados pelas gerações do porvir!!!!...


quinta-feira, 29 de julho de 2010

Aniversário do renomado e tarimbado jornalista Milton Saldanha!!!!!!!...


Caros(as) confrades:
O renomado e tarimbado jornalista Milton Saldanha é um dos articulistas do imperdível espaço cibernético do jornalista Edward de Souza:
artigosedwardsouza.blogspot.com
que tenho a prerrogativa de participar e interagir com os argutos e eruditos articulista e demais confrades!!!... Como hoje é o natalício do Milton Saldanha fizemos uma homenagem a ele!!!!!!
EPÍSTOLAS PAULIANAS
UM DEDO DE PROSA COM MILTON SALDANHA

São Bernardo do Campo, digo, Diadema, minha amada cidade, 29 de julho de 1945, digo, 2010!

Carissimo jornalista Milton Saldanha!
O dia em curso é muito especial para você, porque é o dia do seu natalício!!!! Fico a divagar a cena da sua chegada neste maltratado e fascinante que habitamos, no dia do seu nascimento, no pujante Estado Meridional, que tanto engrandece o nosso amado Reino digo República!!! Certamente era um típico dia de inverno, com temperaturas baixíssimas e após a expectativa do parto, o júbilo dos seus entes queridos, em especial seus valorosos genitores, porque um ser vivente que eles geraram chegou incólume à luz!!!!!!
Enquanto sua amada mãe, com amor, zelo e presteza, só pensava em deixá-lo fofinho, alimentado e cheiroso, bem como corria para cessar o primeiro choro miltoniano, tínhamos como timoneiro-mor Getúlio Vargas... Quando você completou oito dias de existência, aconteceu um fato pavoroso e aniquilante, que mudou a história mundial - a deflagração da bomba atômica, na cidade de Hiroshima e, três dias depois, em Nagasaki, encerrando a grande carnificina, que ficou conhecida como Segunda Guerra Mundial. Na fascinante Arte das Imagens em Movimento, minha amada imortal, Gene Tierney, brilhava, interpretando a personagem Ellen Berent Harland, que nutria um ciúme patológico pelo seu marido, na película “Leave her to heaven”, que no nosso idioma tem o título “Amar foi minha ruína”!!!!... Também no glorioso ano do seu nascimento tivemos películas que deixaram marcas indeléveis na filmografia mundial, que certamente as gerações de cinéfilos do porvir cultuarão, como por exemplo, os filmes “O retrato de Dorian Gray”, “A ilha dos mortos”, “A noite sonhamos”, “Roma - Cidade Aberta”, “O boulevar do crime”, “O coração não envelhece”!!!!!.... Quando você completou dois anos, também os cinéfilos deleitaram-se com a estreia da película “Quando os deuses amam”, que versa sobre Terpsícore, sua protetora, brilhantemente interpretada pela inesquecível atriz Rita Hayworth!!!!!... Também tivemos um Papa, o Piu Piu digo Pio XII, que não moveu uma “palha”, apesar de ter ciência que milhões de seres viventes eram exterminados nos malditos campos de concentração nazistas...
Bem, caro amigo Milton Saldanha, este foi meu viés, vislumbrando o ano que você nos deu a graça da sua profícua existência!!!!... Antes de manter colóquios eletrônicos, bem como me deleitar com suas imperdíveis crônicas, publicadas no espaço cibernético do renomado e tarimbado jornalista Edward de Souza que, carinhosamente, chamo de chefe Edward, já tinha conhecimento que você também é um jornalista renomado e tarimbado, celebrado como referência no seleto grupo de jornalistas conceituados e que fizeram “escola” e deixaram asseclas, admiradores e desafetos no concorridíssimo mundo dos meios de comunicação!!!!...
Isto posto, sinto-me um felizardo por tê-lo como amigo, por enquanto apenas virtualmente!!!... Nossa querida amiga Cristina Fonseca ficou encantada em conhecê-lo em carne e osso, porque, no brevíssimo colóquio que mantiveram, quando você foi entregar-lhe um mimo literário, ela disse que ficou patente sua gentileza, argúcia, erudição e cavalheirismo!!!!...
Na condição de incrédulos somos considerados pela maioria dos nossos semelhantes como seres esquisitos, para não dizer imorais, que necessitam dos valiosos préstimos dos assistentes do renomado Dr. Sigmund Freud, porque ousamos não aceitar os mitos para dar sentido aos insondáveis mistérios do Universo ou, possivelmente, dos Multiversos!!!... Sua existência prova exatamente o contrário do que apregoa o senso comum, como bem atestou nossa querida amiga Cristina Fonseca!!!!!
Esta foi a forma que encontrei para desejar-lhe feliz aniversário, com muitos anos vindouros vigorosos, sob a proteção da saltitante Terpsícore!!!!...
Caloroso e afetuoso abraço, deste reles escrevinhador outonal e insulso professorzinho primário, que o tem em alta estima e consideração! Saudações aniversariantes e terpsicoreianas!
Até breve...
João Paulo de Oliveira
PS – Dileto Milton, como ontem foi o dia que a minha amiga, a mexeriqueira da Dona Miquelina, vai costumeiramente à Cripta da Catedral da Sé, pedi a ela que solicite a intercessão do destemido Cacique Tibiriça e da Nossa Senhora dos Desvalidos Leitores da extinta Revista Realidade, para que os faça encontrar na sua preciosíssima coleção da citada revista o artigo que deixou-me aterrado, que versava os efeitos devastadores para a cidade de São Paulo, caso uma bomba atômica fosse deflagrada sobre a cidade de nascença do notável Mário de Andrade!!!!!...

Visita ao sempre palpitante bairro paulistano do Bixiga!!!!!!...











Caros(as) confrades!
Sempre fico em estado de deleite quando tenho a prerrogativa de flanar pelo bairro paulistano do Bixiga e melhor porque o dia do flanear era um domingo!!!!!... Aos domingos o Bixiga fica mais palpitante ainda, porque pude apreciar sobremaneira a feira de artesanato e antiguidades e assistir peça de teatro ao ar livre!!!! O bairrro do Bixiga é um ponto obrigatório para os amantes das artes e da gastronomia, que certamente sempre encanta meu contemporâneo e amigo João e deixaria a francesa radicada na Dinamarca, Babette, morta de inveja!!!!!!...
Max!!!!... Falando na Babette retire da minha dvdteca a película "Babette's Feast" que no nosso idioma chama-se "A festa de Babette", porque fiquei com saudades da Babette e das suas virtuosas empregadoras, as beatas zelosas, Martina e Philippa!!!!!!...




quarta-feira, 28 de julho de 2010

Epístola Pauliana - Conversando com o saudoso conterrâneo, jornalista José Marqueiz

Caros(as) confrades!
A Epístola Pauliana, que a seguir transcrevo, foi postado ontem no palpitante e imperdível espaço cibernético do jornalista Edward de Souza:
artigosedwardsouza.blogspot.com



EPÍSTOLAS PAULIANAS

CONVERSANDO COM O SAUDOSO CONTERRÂNEO, JORNALISTA JOSÉ MARQUEIZ

Diadema, minha amada cidade, 27 de julho de 2010.

Prezado jornalista José Marqueiz!

Ainda continuo fascinado com o mundo cibernético, que possibilitou contatos e aprendizagens que seriam inimagináveis poucas décadas atrás! Isto posto, suponho chegar a sua presença, através desta singela missiva porque, infelizmente, você nos deixou no fatídico dia 29 de novembro de 2008.
Antes de ler os capítulos da imperdível série “Memória Terminal”, que o chefe Edward (seu amigo e colega) publica no palpitante espaço eletrônico jornalístico que ele mantém, com o precioso subsídio da brilhante jornalista Nívia Andres, já sabia da sua existência, porque você foi um jornalista renomado e tarimbado, que ganhou o cobiçadíssimo Prêmio Esso de Jornalismo, no início da sua profícua carreira jornalística. Certamente li muitas matérias assinadas por você, mas por conta da minha combalida memória não saberia nomear a mais marcante, apenas que tenho certeza de que li muitas reportagens de sua autoria.
Seus viéses de mundo, que corajosamente você deixou registrados para as gerações do porvir, no período em que sabia estar acometido por uma doença incurável, fazendo uma retrospectiva da sua radiante vida, deixaram-me numa inquietação exacerbada, porque fiquei com a impressão de ser partícipe de uma terapia de grupo. A princípio, fiquei estupefato com sua ousadia em desvelar, sem qualquer prurido, fatos da alçada familiar, bem como os malefícios que o alcoolismo causou em sua vida pessoal e profissional. No decorrer dos capítulos, comecei a ficar exasperado com sua audácia em tornar de domínio público fatos íntimos, bem como expondo pessoas das suas relações familiares que também já deixaram de existir... Neste ínterim proferia, em pensamento, impropérios impublicáveis, além de ter a sensação que estava sem chão. A seguir, de maneira mais racional, fiz uma auto-análise e cheguei à conclusão de que, na verdade, fiquei com inveja do seu destemor em tornar letra morta convenções sociais, bem como mandar para a... Cochinchina o peçonhento 7º Mandamento!!!!!!!!!!!!!!...
Nos capítulos em que você relatava o martírio que sofreu por conta daquela maldita doença, que não ouso pronunciar o nome, muitas lágrimas deslizaram pela minha insulsa face outonal, principalmente ao saber que você estava num nosocômio a mercê dos asseclas de Hipócrates, cônscio do seu estado terminal. Por Dionísio! Sinto frêmitos inefáveis ao saber da cruel realidade da nossa finitude e, mais ainda, quando deixamos de existir, após aniquilante sofrimento. Este é um dos cruciantes motivos, que apesar do meu empenho em retornar a condição de crédulo, cada vez mais fortalece minha incredulidade!
Pelos relatos dos seus parceiros de ofício, na série “Memória Terminal”, fica patente seu prestígio, além do fato de ser muito estimado. É evidente que por conta do disputadíssimo prêmio que você ganhou e de sua maravilhosa verve, também teve desafetos... Bem, é melhor deixar de lado esses filhos da Hydra, relegando-os à sua insignificância...
Descobri, também, com a imperdível série citada, que somos conterrâneos e, mais ainda, nascemos com poucos anos de diferença e vivemos a nossa idade primaveril em bairros vizinhos, porque nasci na Rua Javaés, nº 182, Vila Assunção, Santo André-SP!
Será que você:
- Conheceu meus adorados irmão e irmãs mais velhos?!...
- Foi passageiro do táxi do meu saudoso e amado pai, que provia a numerosa prole com seu ofício, no Ponto de Táxi do Cine Carlos Gomes que, depois, mudou-se para a Rua Senador Fláquer, telefone: 44-31-06 (será que se eu discar digo teclar este prefixo, ele atende?!...)?!
- Embarcou muitas vezes naquele coletivo, tipo jardineira, que ia até o Bairro Paraíso?!...
- Frequentou aquele cinema que existia no Bairro Paraíso?!...
- Ia nos bailinhos do Clube Aramaçã?!...
- Flanava na Rua Coronel Oliveira Lima e tirava linha com as moçoilas que usavam penteado tipo gatinho?!...
- Tinha rivalidade com os moradores do lado de lá da linha férrea?!...
- Entrava sorrateiramente, apreensivo com os cachorros, na chácara dos japoneses, que depois tornou-se o Parque Central?!...
Que deleite inefável seria tê-lo conhecido em carne e osso!!!...
Marqueiz, para escrever esta “Epístola Pauliana” precisei desligar meu telefone portátil, porque senão a minha amiga, a mexeriqueira da Dona Miquelina, o deixaria rubro com suas perguntas inconvenientes!!! Você acredita que, outro dia, ela me assegurou que tiraria o “cavalinho da chuva” para saber detalhes de suas aventuras amorosas?!!!....
Folguedos à parte, creio que, no espaço do Olimpo dedicado àqueles que foram íntimos da cultura e da informação qualificada, você encontrou companhia aprazível ao lado de outros jornalistas, escritores e poetas que tanto encantaram o nosso mundo e o desvendaram para nós, mercê de sua inteligência, talento, perspicácia e sensibilidade. Imagino e vislumbro Marqueiz muito à vontade, conversando com Cecília Meirelles, Mário de Andrade, Paulo Francis, Machado de Assis, Oscar Wilde, Gustave Flaubert, João Simões Lopes Neto, Augusto dos Anjos, Cora Coralina, Guilherme de Almeida, Líbero Badaró, Nelson Rodrigues, Plínio Marcos, Assis Chateaubriand, Samuel Wainer, Adoniran Barbosa, Isadora Ducan, Leila Diniz, Vinícius de Moraes, Carlos Drummond de Andrade, Eça de Queiroz, José Saramago...
Caro Marqueiz, sei que no decorrer de “Memória Terminal” poderei conhecê-lo melhor e admirá-lo mais pela coragem de abrir o coração ao mundo, expondo sua dor frente as vicissitudes da existência!!! Sua sensibilidade produziu uma fieira de pérolas de inigualável valor que agora repartimos e apreciamos!!!
Caloroso abraço! Saudações nostálgicas!
Até breve...
João Paulo de Oliveira
------------------------------------------------------------------------------------
*João Paulo de Oliveira, 57, pertence a uma das mais antigas famílias do Grande ABC, com raízes na Freguesia de São Bernardo. Andreense de nascimento, é professor e leciona na Escola Municipal Anita Catarina Malfatti, em Diadema, na Região do ABC Paulista. Ocupa também o cargo de Coordenador Pedagógico na EMEF Dr. Habib Carlos Kyrillos, na Prefeitura de São Paulo. Além de Pedagogo é Mestre em Educação. Especializa-se no estudo da árvore genealógica familiar. Amigo e colaborador do blog, João Paulo escreve, mais uma vez, uma crônica inédita neste espaço. Visite seu imperdível espaço cibernético: Celulóide Secreto, Outro Viés em http://joaopauloinquiridor.blogspot.com/ Contatos com o articulista pelo e-mail: joaopauloinquiridor@ig.com.br

terça-feira, 27 de julho de 2010

Visita a cidade metropolitana de Embu das Artes!!!!!...
















Caros(as) confrades!
É sempre deleitante visitar a cidade metropolitana de Embu das Artes, onde os amantes da arte sempre ficam fascinados com o que se deparam!!!... Para quem deseja conhecê-la e não deseja ir de máquina rodante individual, a seguir aponto os meios de transportes coletivos que partem da capital com destino a Embu das Artes:

"Como chegar na Estâcia Turística de Embu das Artes
Embu das Artes fica a 30 minutos do centro de São Paulo, a melhor via de acesso ao município é a Rodovia Régis Bittencourt (BR 116) pelos quilômetros 279 e 282, que você pode pegar a partir da Marginal Pinheiros, em São Paulo, pela Rodovia Raposo Tavares/ Rodoanel ou também pela Avenida Francisco Morato.
De Metrô ou ônibus
Na estação Campo Limpo, da linha 5 - Lilás (Capão redondo – Santo Amaro) do metrô, sai o ônibus intermunicipal com o letreiro EMBU CENTRO que vai até o centro de Embu das Artes.
Já na Avenida Cruzeira do Sul, ao lado da Rodoviária do Tietê, sai o ônibus executivo EMBU/ENGENHO VELHO.
De Pinheiros, no Largo da Batata, saem os ônibus da companhia Soamin (EMTU/SP) com o letreiro EMBU ENGENHO VELHO.
O ônibus executivo da Soamin (EMTU/SP) que sai do Anhangabaú no Centro de São Paulo, com o letreiro EMBU DAS ARTES, também leva você ao ponto mais próximo da Feira de Artes.
Telefones:
DIVTRAN Embu: (11) 4785-3639 - 4781-1841
Metrô - Estação Campo Limpo: 0800 055 0121
Empresa Soamin: (11) 4667 1423
Rodoviária Tietê: (11) 3235-0322"
Fonte: Site da Prefeitura Muncipal de Embu das Artes.

Os vídeos que encontrei no Yotube, que aparecem abaixo, contribuem sobremaneira para conhecermos mais amiude esta palpitante cidade!!!!...



segunda-feira, 26 de julho de 2010

Teatro Cultura Artística!!!!...



Caros(as) confrades!
Ontem ao flanar pelo centro da cidade parei em frente ao Teatro Cultura Artística, que fica ali na Rua Nestor Pestana nº 196 e comecei a divagar sobremaneira!!!!... Por Dionísio, como ficava em estado de deleite inefável ao ter a prerrogativa de apreciar peças teatrais, concertos, neste que foi sempre um palpitante espaço cultural!!!... Infelizmente no dia 17 de agosto de 2008 um incêncio destruiu este local que já abrigou os estúdios da TV Excelsior, canal 9, que tantas saudades deixou nos seus telespectadores!!!!... Felizmente incontáveis amantes da arte se uniram e não medem esforços para torná-lo novamente um palpitante e grandioso espaço dedicado a cultura, como mostra o vídeo e fotografia do projeto, que posto abaixo.

Google+ Badge