O Todesca está na janela apreciando a paisagem...

O Todesca está na janela apreciando a paisagem...

Expresso do Oriente

Expresso do Oriente

Todos a bordo

Todos a bordo

Restauração e colorização de fotografias.

Restauração e colorização de fotografias.
Caros amigos sem véus e com véus. Com muito gozo divulgo os valiosos préstimos profissionais do meu estimado amigo Reinaldo Elias, que tornou-se um tarimbado especialista em restauração e colorização de fotografias. Pelo criterioso trabalho, que envolve pesquisa e arte os preços cobrados pela restauração e colorização são módicos. Para solicitarem os valiosos préstimos profissionais entrem em contato com o meu querido amigo através do endereço eletrônico: rjelias200@yahoo.com.br Meus outonais olhos estão em água ao lembrar do já distante ano de 1962, quando minha amada e saudosa mãe me levou a uma filial das Casas Pirani, que ficava na Avenida Celso Garcia, para que seu bebezinho nº 6 fosse eternizado nesta fotografia. Embarcamos num trem de subúrbio, um reluzente trem prateado, na Estação de Santo André e desembarcamos na Estação paulistana do Brás. Lembro como se fosse hoje que levei um beliscão da minha genitora, porque eu queria a todo custo embarcar num bonde para chegar as Casas Pirani. Como eram poucas quadras de distância fomos caminhando até o paraíso do consumo. Saudades das Casas Pirani... Ontem, contei ao meu dileto amigo Gilberto Calixto Rios da minha frustração de nunca ter embarcado num bonde paulistano, que para o meu profundo desencanto teve a última linha desativada no ano de 1968, quando estávamos no auge dos nefastos e malditos anos de chumbo. No ano que fui eternizado nesta fotografia fazia sucesso estrondoso na fascinante Arte das Imagens em Movimento a película "Rome Adventure", aqui intitulada "Candelabro Italiano": https://www.youtube.com/watch?v=yLqfxLPga2E que assisti no extinto Cine Carlos Gomes, na condição de vela zeloso das minhas amadas irmãs mais velhas, a Dirce Zaqueu, Jô Oliveira e Maria Inês. Também no ano de 1962 minha diletíssima e saudosa cantora Maysa (1936-1977) deixava sua legião de fãs enternecida com a canção: https://www.youtube.com/watch?v=BeJHOAbkJcg Mãe, sempre te amei, amo e amarei. Saudades... Saudades... Saudades... Caloroso abraço. Saudações emocionadas. Até breve... João Paulo de Oliveira Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver sem véus, sem ranços, com muita imaginação e com muito gozo. PS - Apesar dos pesares acho que continuo um petiz sonhador e esperançoso de um novo dia aos moldes da inesquecível personagem Scarlett O' Hara... Max, traga meus sais centuplicado.

Miniconto

Miniconto
Depois que minha neta me eternizou nesta fotografia o telefone tocou. Ao atender a ligação fiquei aterrorizado ao reconhecer a voz de Hades...

Mimo da Monika

Mimo da Monika
O que nos espera na próxima estação?

A viagem continua

A viagem continua
O quie nos espera na próxima estação?

Lambisgoia da Agrado

Lambisgoia da Agrado
Caros confrades/passageiros sem véus e com véus. A lambisgoia da Agrado, aquela mexeriqueira mor que tudo sabe e tudo vê, me surpreendeu porque não a vi trepar (nem preciso dizer que ela adora o outro significado deste verbo principalmente no presente do indicativo) no topo da locomotiva para se exibir e me ofuscar. Caloroso abraço. Saudações exibidas. Até breve... João Paulo de Oliveira Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver sem véus, sem ranços e com muita imaginação.

Fonte: arqtodesca.blogspot.com.br

Fonte: arqtodesca.blogspot.com.br
Caros confrades passageiros. O pertinaz duende Himineu, que trabalha - com muito afinco para o Todesca - captou e eternizou o momento que a lambisgoia da Agrado, aquela mexeriqueira mor que tudo sabe e tudo vê, estava reflexiva a apreciar a paisagem no vagão restaurante do Expresso do Oriente sob meu comando. Caloroso braço. Saudações reflexivas. Até breve... João Paulo de Oliveira Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver, sem véus, sem ranços, com muita imaginação, autenticidade e gozo.

Fonte: arqtodesca.blogspot.com.r

Fonte: arqtodesca.blogspot.com.r
Todos a bordo... A viagem continua...

Blogs todeschinianos

Blogs todeschinianos
Fonte: arqtodescadois.blogspot.com.br "Sonhei que o vagão joaopauloinquiridor.blogspot.com havia caído de uma ponte que ruíra... Mas, foi só um pesadelo..." Caros confrades/passageiros! Não me canso de divulgar os imperdíveis blogs do Todesca: arqtodesca.blogspot.com.br arqtodescadois.blogspot.com.br que são Oásis num deserto de alienação cibernética. É louvável a pertinácia deste notável, tarimbado e erudito ser vivente, que brinda seus felizardos leitores com ecléticas publicações que deixam patente sua vasta erudição e bem viver. Caloroso abraço. Saudações todeschinianas. Até breve... João Paulo de Oliveira Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver, sem véus, sem ranços, com muita imaginação, autenticidade e gozo.

Continuo a espera de Godot...

Continuo a espera de Godot...
Saudações dionísicas.

Saudações leitoras.

Saudações leitoras.

Seguidores

quarta-feira, 16 de agosto de 2017

Miniconto

Fonte: arqtodescadois.blogspot.com.br

No ano que comecei a piscar, os garbosos e vigorosos ocupantes desta máquina rodante deixaram de piscar - de supetão - quando foram calcinados, porque o motorista não respeitou a sinalização de pare na passagem de uma linha férrea e a máquina rodante explodiu devido ao violento impacto.
Max...

terça-feira, 15 de agosto de 2017

Arquiteto de meia-tigela



Caros confrades passageiros.
No meu já bem distante tempo de petiz e adolescente, eu comprava a edição dominical do periódico "Estadão" e ia direto no caderno que tinha plantas de espaçosos apartamentos, para famílias da 
Classe A. Como era deleitante divagar sobremaneira morando num requintado apartamento e, mais ainda, imaginar como seria  planta com outra conformidade.
Ao me deparar com a planta deste compacto apartamento - com dois dormitórios - o deixaria com um dormitório. O banheiro social transformaria num lavado e a área do chuveiro seria integrada no dormitório.
Caloroso abraço. Saudações alteradas.
Até breve...
João Paulo de Oliveira
Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver, sem véus, sem ranços, com muita imaginação, autenticidade e gozo.

domingo, 13 de agosto de 2017

Outro viés...

E foram felizes até o fatídico dia 27 de dezembro de 1957, quando o Capitão Luis Renault embarcou, de maneira compelida, no Expresso da Eternidade, porque sofreu múltiplos traumatismos, após ser pisoteado uma ensandecida cáfila, a alguns quilômetros de Agadir.
O Rick Blaine embarcou, de maneira voluntária, no Expresso da Eternidade, 69 dias depois, porque não suportou a dor da saudade do grande amor da sua vida.

sábado, 12 de agosto de 2017

Outro viés...


Caros confrades passageiros.
Fico exasperado com a escritora britânica Daphne du Maurier(1907-1989), porque calcinou a devotada governanta, Mrs. Danvers, no final do livro, pelo "crime" de ser apaixonada pela defunta empregadora, a inesquecível Rebecca, a mulher inesquecível.
Esta cena deixa patente, o desvelo, na película hitchcockiana, de 1940, do amor, que não ousava dizer o nome.
Caloroso abraço. Saudações cinéfilas.
Até breve...
João Paulo de Oliveira
Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver, sem véus, sem ranços, com muita imaginação, autenticidade e gozo.

sexta-feira, 11 de agosto de 2017

???????????????????????????????????????????????

Como é aterrador ter ciência da dura realidade de saber que jamais teremos resposta para a primeira pergunta.
Max...

quinta-feira, 10 de agosto de 2017

Outro viés...

 
 Temos uma luta infinda para preservar o nosso patrimônio regional.
Conto com você, meu honorável sogro, para irmos em frente.

domingo, 6 de agosto de 2017

Saudades da razão da minha existência


Caros confrades passageiros.
Se meu amado e saudoso pai estivesse entre nós completaria, no dia em curso, 98 anos.
Ele partiu, de maneira compelida, no Expresso da Eternidade, no fatídico dia 9 de agosto de 1997.
A razão da minha existência nasceu no bairro de Piraporinha, que então pertencia ao município de São Bernardo do Campo.
Como ele nasceu em Piraporinha tinha o apelido de Pirapora.
Que saudades da sua:
- risada estrondosa.
- proteção.
O Pirapora provia sua numerosa prole exercendo o ofício de taxista. O ponto de táxi ficava ao lado do Cine Teatro Carlos Gomes, que depois passou para a Rua Senador Fláquer. O telefone era 
44-31-06.
Será que seu eu ligar ele atende?
Trim... Trim... Trim...
Pai: Pronto.
JP: A dor da saudade é infinda. Quando o Senhor vem me buscar?
Pai: Joãozinho, num dia incerto e não sabido chegarei de supetão e você saberá da minha chegada pela buzina do meu Cadilac, ano 1947, para levá-lo até à Estação de Santo André, para embarcar no Expresso da Eternidade.
A ligação foi interrompida de supetão.
Pai, pai, pai, como o mundo ficou insulso depois da sua partida...
Volte, pai, volte...
Seu bebezinho n° 6, dessolado e desamparado, que sempre o amou, ama e amará.
Peço-lhe a bênção pai.
Apertado e afetuoso abraço. Saudações saudosíssimas.
Até breve...
João Paulo de Oliveira
Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver, sem véus, sem ranços, com muita imaginação, autenticidade e gozo.

sábado, 5 de agosto de 2017

Homenagem recusada


Caros confrades passageiros.
Será que é factível despir a indumentária de um Santo para vestir no mesmo Santo uma indumentária com nome de outro Santo? Max...
Saudades do historiador Wanderley dos Santos (1951-1996).
Caloroso abraço. Saudações apoquentadas.
Até breve...
João Paulo de Oliveira
Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver, sem véus, sem ranços, com muita imaginação, autenticidade e gozo.





Doença gravíssiva: Temeritide Aguda

Caros confrades passageiros.
Mais uma vez divulgo uma crônica da lavra do meu querido amigo, o tarimbado escritor, jornalista e tangueiro Milton Saldanha
Milton Saldanha não vê a hora de saber que foi curado da gravíssima doença, que também o acomete: Temeridite Aguda.

Caloroso abraço. Saudações exasperadas.

Ate breve...
Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver, sem véus, sem ranços, com muita imaginação, autenticidade e gozo.


"Tem que manter isso, viu
Milton Saldanha, jornalista

Michel Temer, do alto dos seus 3% de aprovação no governo, declarou que a escrota decisão da Câmara Federal foi uma vitória das instituições.
Fiquei pensando: desde quando não investigar ladrões é vitória de alguma instituição? Eu pensava o contrário: vitória das instituições seria debelar a corrupção em todos os escalões onde está presente, do guarda da esquina que achaca para não multar, ao presidente que manda devolver a mala com dinheiro porque a gravação do delito vazou antes do tempo necessário ao flagrante final, ainda que as provas até ali sejam robustas e inquestionáveis, goste ou não o advogado Mariz, altamente pago para não gostar.
O vitorioso Sim da operação abafa não causou surpresa e muito menos impacto. Era o esperado, num Congresso cuja estrutura de custos diários, em cifras astronômicas, já é por si só um escândalo.
O que ficou claro é que o combate à corrupção, com a omissão da população que abandonou as ruas, está perdendo de lavada para os bandidos do terno e gravata, numa aliança que abrange todos os partidos, da base do governo e da oposição, porque na hora do aperto eles se unem. O resto é conversa para boi dormir.
Presidentes costumam deixar alguma frase famosa, para posteridade. Michel Temer já tem a sua.
“Tem que manter isso, viu” .
Todo mundo sabe que ele se referia ao pagamento de propinas a Cunha. Mas a frase pode ganhar uma abrangência maior. Ao gosto e interpretação de cada corrupto, e de cada pessoa que
acha que o PT não podia, mas os outros podem.
Milton Saldanha
Jornal Dance, editor".

sexta-feira, 4 de agosto de 2017

Miiniconto

Dona Mortífera convoque o Temerário para jogar xadrez.

quinta-feira, 3 de agosto de 2017

Desgraça

Que desgraça, centuplicada desgraça 
- uma decisão política - 
alicerçada em interesses corporativistas escusos.
Max, traga meus sais centuplicado diluídos numa dose de cicuta.

terça-feira, 1 de agosto de 2017

segunda-feira, 31 de julho de 2017

Jeanne Moreau (23/01/1928-31/07/2017)

Caros confrades passsageiros.
Que desalento saber que a nobilíssima atriz Jeanne Moreau partiu, de maneira compelida, no Expresso da Eternidade.
Ela deixou marcas indeléveis na fascinante Arte das Imagens em Movimento.
Sentido abraço. Saudações jeannemoreauianas.
Até breve...
João Paulo de Oliveira
Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver, sem véus, sem ranços, com muita imaginação, autenticidade e gozo.

Miniconto

Descobri onde os piratas da Ilha se reúnem...
Max...

domingo, 30 de julho de 2017

Miniconto


A Vanda Felix é a segunda garbosa e vigorosa moçoila, que aparece da esquerda para a direita na fotografia. Ela foi eternizada, na foto, num flâner que fez na Ilha Porchat, com suas parceiras de ofício, com cadeiras no Educandário Caetano de Campos, porque estavam no gozo de suas merecidas férias do ano letivo de 1928 e estavam hospedadas no mponente - então recém-inaugurado - Hotel Atlântico. A última moçoila, a Pureza Trepa do Rego, que aparece do lado direito da foto, era ninfomaníaca e, para deixar patente sua tara, fazia questão de usar chapéus similares o que estava no seu cocoruto.
Depois que as regentes - em férias - retornaram ao Hotel, ao adentrarem na suntuosa recepção, tinha um telegrama endereçado a Vanda. Quando ela abriu o telegrama e tomou cicuta, digo, ciência do teor telegráfico ficou estupefata...

PS - Deixo a critério do leitor dar o viés do motivo que deixou a destinatária do telegrama estupefata. Depois direi se está aproximado do que pensei.

sábado, 29 de julho de 2017

quarta-feira, 26 de julho de 2017

Aposentadoria


Foto: Roberto Nunes Vieira
  

Caros confrades passageiros.
Fui eternizado nesta fotografia, numa praça do bem conservado centro histórico da cidade de São Sebastião, no dia 24 de outubro de 2013, no retorno de Parati onde fui para comemorar a minha segunda aposentadoria, publicada no dia 22 de outubro de 2013.
Vale a pena conhecer o centro histórico da cidade de São Sebastião.
PS - Estava sentado no banco da praça a refletir o que me esperaria nos anos do porvir, na condição de aposentado. No mês de outubro vindouro completará 4 anos que estou nesta condição. Espero ficar nesta condição por mais de 50 anos e, mesmo nesta hipótese, embarcarei de maneira compelida no Expresso da Eternidade.
Neste ínterim, o show deve continuar...
Max, traga meus sais centuplicado diluídos num caldeirão mágico repleto de vigor, lascívia, criatividade, autenticidade, bem viver.
Caloroso abraço. Saudações bem vividas.
Até breve...
João Paulo de Oliveira
Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver, sem véus, sem ranços, com muita imaginação, autenticidade e gozo.



segunda-feira, 24 de julho de 2017

Outro viés...



Gustav von Aschenbach, cansei de te avisar que a sua paixão platônica avassaladora pelo Tadzo partiria seu coração, como de fato - literalmente - aconteceu
Se você não tivesse ido a Veneza sua partida. 
de maneira compelida. no Expresso da Eternidade seria adiada - provavelmente - por mais algumas décadas.

domingo, 23 de julho de 2017

Surpresa

Caros confrades passageiros.

Na sexta-feira passada, ao almoçar no Restaurante Nino"s, na cidade paulista de Guarujá, a garçonete me perguntou, a pedido da proprietária do estabelecimento comensal, se eu era ator.
Me senti no palco - no final do espetáculo - agradecendo os aplausos.

Max...

Caloroso abraço. Saudações dionísicas.
Até breve...
João Paulo de Oliveira
Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver, sem véus, sem ranços, com muita imaginação, autenticidade e gozo.

sábado, 22 de julho de 2017

Outro viés...


Caros confrades passageiros.
As destemidas Thelma e Louise conseguiram fugir do grande cerco policial, fugiram  para o Brasil e vivem em Búzios, onde são proprietárias de uma sempre lotada Pousada... Estão felicíssimas e pretendem continuar juntas até que uma delas seja compelida a embarcar no Expresso da Eternidade.
Caloroso abraço. Saudações felicíssimas.
Até breve...
João Paulo de Oliveira
Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver, sem véus, sem ranços, com muita imaginação, autenticidade e gozo.

sexta-feira, 21 de julho de 2017

Google+ Badge